terça-feira , 23 julho, 2024
Lar Internacional A chamada lei “anti-imigração” pode afetar o crescimento da população imigrante na Flórida.
Internacional

A chamada lei “anti-imigração” pode afetar o crescimento da população imigrante na Flórida.

10
a-chamada-lei-“anti-imigracao”-pode-afetar-o-crescimento-da-populacao-imigrante-na-florida.

21/06/2023 às 12h04min – Atualizada em 22/06/2023 às 00h02min

Apesar de o crescimento populacional ter abrandado nos EUA e ter se tornado negativo em alguns estados, a população da Flórida tem crescido todos os anos.

SALA DA NOTÍCIA Samantha di Khali Comunica

Divulgação

Apesar de o crescimento populacional ter abrandado nos EUA e ter se tornado negativo em alguns estados, a população da Flórida tem crescido todos os anos. Mais recentemente, o crescimento do trabalho remoto permitiu que muitos vivessem onde quisessem, e as temperaturas mais quentes e a ausência de imposto de renda estadual acabaram por atrair milhões de pessoas para o estado da Flórida, que hoje está entre os 3 estados americanos que têm mais imigrantes nos Estados Unidos. De acordo com o Florida Policy Institute, mais de um em cada cinco residentes no estado é imigrante. Isso representa 21% da população do estado, com 4,3 milhões de pessoas. Acrescentando ainda a relevância da presença significativa de imigrantes em indústrias-chaves, o que afeta substancialmente a economia.
Por outro lado, em maio deste ano, o Governador da Flórida, Ron DeSantis, assinou o Projeto de Lei do Senado que entra em vigor no dia 1 de julho de 2023, onde a legislação faz alterações radicais às políticas de imigração do estado em resposta ao crescimento previsto da atividade de imigração na fronteira após o fim das restrições do Título 42.
Entre outras ações, a lei exige que os hospitais recolham informações sobre o estatuto de imigração, cria sanções para a contratação de imigrantes indocumentados, expande os requisitos de rastreio de verificação de emprego a todos os empregadores com 25 ou mais empregados, invalida as carteiras de motoristas de imigrantes indocumentados fora do estado, estabelece sanções penais para o transporte de imigrantes indocumentados para o estado, aumenta o financiamento para a deslocação ou transporte de imigrantes para outras partes dos EUA e expande a autoridade do Florida Department of Law Enforcement (FDLE) para executar  a aplicação da lei da imigração.
No total, há cerca de 1,8 milhões de imigrantes não-cidadãos na Flórida (incluindo imigrantes legais e imigrantes indocumentados), o que constitui mais de 8% da população do estado.
Há variadas opiniões sobre o que pode acontecer a partir de julho na Flórida, ou seja, se haverá uma expressiva dispersão de imigrantes para outros estados. Mas o certo é que a Flórida continua o estado favorito do brasileiro imigrante.
A advogada de imigração, Ingrid Domingues McConville, que recentemente esteve no Brasil, afirma que quase o tempo todo que esteve por lá foi abordado por uma grande quantidade de pessoas querendo imigrar para os Estados Unidos. Constatou-se que as pessoas são altamente qualificadas e elegíveis para vários tipos de vistos, principalmente o visto EB2-NIW, que permite a obtenção da residência para quem possuir habilidades excepcionais ou tem diploma universitário, com anos de experiência.
De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, cerca de 300.000 brasileiros vivem na Flórida e a proximidade do sul do estado com o Brasil e a cultura latina já estabelecida são alguns dos atrativos para os investidores brasileiros e para aqueles que procuram uma qualidade de vida melhor e mais tranquila. Além disso, os brasileiros estão impactando a economia do sul da Flórida e se fazem presentes, principalmente no setor imobiliário, desenvolvimento de negócios, turismo e exportações.
Quer ter mais informações entre no   https://instagram.com/dmvisalaw?igshid=YmMyMTA2M2Y=
 * Ingrid Domingues-McConville fundou a DM VISA LAW – Domingues McConville, P.A. em 1995.  É membro da Ordem dos Advogados da Flórida desde 1995 e membro do Tribunal Distrital dos Estados Unidos, Distrito Sul da Flórida.  Ingrid obteve seu diploma de graduação em Psicologia pela Universidade de Miami em Coral Gables, Flórida e seu diploma de Direito pela Cleveland-Marshall College of Law em Cleveland, Ohio. Com 28 anos de experiência em Direito de Imigração, Ingrid representou clientes em todo os Estados Unidos e no mundo, tanto em questões de imigração empresarial quanto familiar.  Ajudou empresas e indivíduos a obterem vistos e residência permanente nos Estados Unidos. Ingrid desempenha um papel de liderança significativo na comunidade brasileira no sul da Flórida e em todos os Estados Unidos, fornecendo orientação e aconselhamento jurídicos muito necessários.
 

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

MEXS LATAM 2023: evento discute evolução e tendências em tratamentos estéticos

Foto: Merz Aesthetics® | Divulgação A oitava edição do Latin American Merz...

Fumaça de incêndios florestais pode prejudicar a logística nos EUA

09/06/2023 às 15h32min – Atualizada em 10/06/2023 às 00h02min Empresas acompanham eventuais...

Grupo Europ Assistance comemora 60 anos e reúne CEO’s na França

16/06/2023 às 11h25min – Atualizada em 17/06/2023 às 00h02min SALA DA NOTÍCIA...

Estados Unidos – A máscara da cultura do perfeito.

14/06/2023 às 13h41min – Atualizada em 15/06/2023 às 00h02min Máscaras de uma...