terça-feira , 23 julho, 2024
Lar Saúde Sala de Vacinas da Secretaria de Saúde segue com atendimento noturno em Campos
Saúde

Sala de Vacinas da Secretaria de Saúde segue com atendimento noturno em Campos

16
sala-de-vacinas-da-secretaria-de-saude-segue-com-atendimento-noturno-em-campos

O atendimento noturno da Sala de Vacinas da Secretaria Municipal de Saúde continua sendo realizado de segunda a sexta-feira. No local, são aplicados todos os imunizantes disponíveis pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) do Sistema Único de Saúde (SUS), inclusive Influenza, cuja campanha contra a gripe começou no dia 25 de março para os grupos de risco.

A coordenadora de Imunização da Secretaria de Saúde, Amanda de Carvalho, explicou que a medida tem como objetivo aumentar a cobertura vacinal no município e diminuir a incidência das doenças imunopreveníveis. “Além das vacinas contra a Covid-19 e gripe, temos disponíveis todas as vacinas do calendário de rotina para as crianças a partir dos 2 meses de idade, adolescentes e adultos”, disse ela, ressaltando que o horário noturno visa também beneficiar as pessoas que trabalham durante o dia e não têm tempo de tomar a vacina.

O motorista Lucas Fernandes de Almeida, 29 anos, disse que a imunização noturna foi uma excelente iniciativa do poder público. “É a oportunidade para aqueles que não têm tempo durante o dia de se vacinar. Além disso, à noite, a temperatura é bem mais agradável. Aproveitei que saí do trabalho e vim receber a minha dose da bivalente”.

Já o bancário Luiz Cláudio Santos Silva, 45 anos, levou a filha Helena, de 9 anos, para se proteger contra o HPV. “Esse horário é ótimo, pois para quem trabalha o dia todo facilita bem a logística para podermos cumprir o plano vacinal das crianças”.

Fazem parte do Calendário Nacional de Vacinação os imunizantes Hepatite A e B, Poliomielite (VOP), Poliomielite (VIP), Pentavalente, Tríplice Viral, HPV, Febre Amarela, Covid-19, Rotavírus, DTP, dT, Meningocócica C e ACWY, Pneumocócica 10, dentre outras. O período para aplicação de cada vacina varia de acordo com a idade: a criança deve tomar 18 vacinas; o adolescente, sete; na fase adulta e idosa são seis; e, para as gestantes, cinco imunizantes estão disponíveis.

A vacina Influenza está sendo aplicada para os grupos prioritários, que são: pessoas com 60 anos ou mais, crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses, 29 dias, povos indígenas, gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com deficiência permanente (PcDs), professores do ensino básico e superior, profissionais das forças de segurança e salvamento e profissionais das forças armadas, trabalhadores da saúde, pessoas em situação de rua, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade, além de adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas (entre 12 e 21 anos), trabalhadores do transporte rodoviário coletivo para passageiros urbanos e de longo curso, caminhoneiros, trabalhadores portuários, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Para receber a vacina é necessário apresentar RG, CPF ou cartão do SUS, comprovante de residência e caderneta de vacina.

No caso da vacina da gripe, crianças e adultos com comorbidades e deficiências, além dos documentos pessoais, devem apresentar documento comprobatório, que pode ser laudo médico; cartões de gratuidade no transporte público, incluindo a Carteira Municipal de Identificação do Autista (CMIA); documentos de atendimento em centro de reabilitação ou unidades especializadas; documento oficial que identifique a deficiência; carteirinha de algum programa, como, por exemplo, Programa de Assistência ao Paciente com Asma e Rinite (Proapar), entre outras.

Já as gestantes devem levar documentos pessoais e o cartão pré-natal. As puérperas, a certidão de nascimento do bebê ou cartão da gestante ou documento do hospital onde ocorreu o parto. Demais categorias profissionais devem apresentar RG, CPF, comprovante de residência e documento comprobatório do exercício da função.

Confira todos os locais de vacinação e horários disponíveis no município

Posto com horário ampliado (segunda a sexta-feira, das 8h30 às 20h)
Secretaria Municipal de Saúde (antigo Centro de Saúde)

Posto extramuro (segunda a sexta-feira, das 9h às 16h)
Campos Shopping

Salas de vacinação (segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h)
Clínica da Criança
Clube da Terceira Idade
UBS Custodópolis
UBS Penha
UBSF Aldeia
UBS Parque Prazeres
UBS Poço Gordo
UBS Saturnino Braga
UBS Venda Nova
UBSF Felix Miranda
UBSF IPS
UBSF Jamil Ábido
UBSF Parque Aurora
UBSF Parque Imperial
UBSF Patronato São José
UBSF Ponta da Lama
UBSF Santo Amaro
Policlínica da Tapera
UPH Travessão

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Epidemia de dengue aumenta a demanda por doações de plaquetas no Hemocentro

O Hemocentro Regional de Campos segue em alerta diante do aumento da...

Clínica da Criança e Secretaria de Saúde com vacinação no final de semana e feriado

Falta de tempo, devido ao horário de trabalho ou estudo, não é...

“SOS Coração”: 39% dos infartos foram em pessoas abaixo de 60 anos

O “SOS Coração: Nossa missão é cuidar das pessoas” já contabiliza 210...

Cresce o número de infecções respiratórias virais em crianças

O número de crianças com arboviroses, como dengue, e síndromes respiratórias (gripe,...